Congresso fomenta o debate sobre cuidados paliativos no Amazonas
5 de maio de 2017

Realizado nos dias 28 e 29 de abril, o I Congresso de Cuidados Paliativos do Amazonas superou as expectativas iniciais dos organizadores, contabilizando mais de 200 inscritos.

Profissionais de várias áreas da Saúde compuseram o público, participando de forma ativa dos debates e apresentando questionamentos para os palestrantes convidados.

“Como foi um evento pioneiro, o destaque ficou por conta da parte conceitual dos cuidados paliativos, especialmente nos ambientes de emergência e UTI”, comenta Dra. Simone Henriques, geriatra e paliativista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), uma das organizadoras do evento.

O Congresso contou com participação de especialistas internacionais e nacionais, entre eles a enfermeira Patrícia Coelho, professora assistente do Instituto de Ciências da Saúde do Porto (Portugal), e Dr. André Filipe Junqueira, vice-presidente da ANCP.

Segundo a Dra. Simone, foi preciso estender em duas horas o horário previsto para o encerramento do segundo dia de evento, pelo interesse demonstrado pelos participantes e alto nível dos debates. “A região é muito carente em assistência especializada em cuidados paliativos. Por isso, nossa ideia de levar conhecimento para o Amazonas”, explica. Ela pontua que são pouquíssimos os profissionais com formação nesta área atuando no estado, e os poucos existentes estão concentrados em Manaus. “Não é suficiente nem para o atendimento à população urbana, imagine o desafio de levar assistência a populações ribeirinhas”, comenta.

Pelas devolutivas obtidas nos intervalos do evento e pelas várias mensagens de e-mail recebidas de pessoas se sentindo motivadas a aprender mais para colocar os cuidados paliativos como prática diária, a organização considera ter atingido o objetivo da realização do Congresso, de sensibilizar e fomentar o desejo pela formação e capacitação. Além disso, o bom número de participantes deu consistência à ação de responsabilidade social desenhada pelos organizadores. O valor arrecadado com as inscrições será destinado para a melhoria da qualidade de vida dos idosos institucionalizados na Fundação Doutor Thomas, de caráter filantrópico, localizada em Manaus. <p>

  • Twitter
  • Facebook
  • del.icio.us
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes
  • LinkedIn
  • Digg
  • RSS
  • email
Deixe um comentário