Estratégias para o biênio
24 de março de 2017

Reuniao

Estratégias para o biênio

Os objetivos e metas para a gestão 2017-2019 da ANCP foram debatidos durante reunião realizada no dia 11 de março no Hospital Sírio Libanês em São Paulo-SP. O evento proporcionou um encontro dos membros da diretoria com os representantes das regionais da entidade, possibilitando a definição de estratégias baseadas nas diferentes manifestações dos Cuidados Paliativos no Brasil, conforme relatos dos participantes.

“Foi aberto espaço para que apresentássemos o atual status e as dificuldades enfrentadas pelos cuidados paliativos em nossas regiões, algo importante pela enorme discrepância existente; atuar em cuidado paliativo no Sul é completamente diferente do que no Nordeste”, conta a Dra. Gisele dos Santos, presidente da Regional Sul da ANCP.

O encontro teve como foco três pilares, trabalhados em dinâmicas: Cuidados Paliativos no Brasil nos próximos dois anos; a ANCP nos próximos dois anos; e a realização do Congresso Internacional de Cuidados Paliativos em 2018 na cidade de Salvador-BA. A proposta de trabalho foi de agrado dos presentes. “A gestão atual demonstrou possuir administradores que valorizam os feitos da diretoria anterior, fomentando melhorias por meio de seu estilo próprio de liderança e o uso de ferramentas efetivas e eficazes para a proposição de modificações benéficas para o desenvolvimento e fortalecimento dos cuidados paliativos no Brasil”, destaca a Dra. Danielle Soler Lopes, presidente da Regional Norte-Nordeste da ANCP.

As atividades envolveram, inclusive, a análise da matriz SWOT, que avaliou as Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças da Academia. “Uma das ameaças identificadas é o crescimento dos cuidados paliativos vir acompanhado por más práticas, algo muito prejudicial. A ANCP precisa se posicionar como um catalisador do desenvolvimento do setor e atuar na orientação para implementação de cuidados paliativos de qualidade”, afirma o Dr. Daniel Forte, presidente da ANCP.

Segundo Dr. Forte, a visão abrangente do momento dos cuidados paliativos nas diferentes regiões do País veio se somar aos dados coletados na pesquisa realizada com os associados da Academia (cujos principais resultados podem ser conferidos aqui: http://www.paliativo.org.br/noticias/2017/02/pesquisa-com-associados-revela-momento-relevante-dos-cuidados-paliativos/). O cruzamento destas informações irá basear o planejamento das ações da diretoria. “O que mais nos motiva é o grande número de pessoas que quer colocar a mão na massa ativamente em prol dos cuidados paliativos na sociedade, porque sabemos que quem atua nesta área ainda nada contra a corrente, contra um pensamento vigente”, reforça.

  • Twitter
  • Facebook
  • del.icio.us
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes
  • LinkedIn
  • Digg
  • RSS
  • email
Deixe um comentário